PUBLICIDADE
ANUNCIE: ☎ 54 3614 2118
FENAE
Vice-prefeito de Agudo é preso por suspeita de fraude em licitação
Trinta e cinco mandados devem ser cumpridos em cinco cidades gaúchas

O vice-prefeito de Agudo Moisés Killian foi preso preventivamente nesta quarta-feira por suspeita de fraude. Ele e outras quatro pessoas, que não tiveram identidade revelada, são alvos da operação Fogo Fátuo, da Polícia Civil, que investiga a suposta existência de uma organização criminosa que atuaria na prefeitura de Agudo.

Até o momento cinco pessoas foram presas. Os policiais cumprem ainda 35 mandados de busca e apreensão e nove de bloqueios de aditivos e indisponibilidade de bens. A ofensiva ocorre em Agudo, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Canoas e Porto Alegre. 

Os crimes investigados são corrupção ativa e passiva, peculato, fraudes licitatórias, organização criminosa e lavagem de dinheiro. 







Fonte: PC/Correio do Povo